Como integrar e-commerce com Marketplaces

como integrar ecommerce com marketplaces

Para estar em um ou mais Marketplaces, é necessário realizar a integração de seu e-commerce com o sistema do Marketplace. O foco das plataformas é se atentar sempre para as inovações do mercado e desenvolver ferramentas para facilitar a gestão, aumentar a taxa de conversão e o ticket médio de seus clientes. Pensando nisso, é essencial buscar soluções que permitam essa integração de maneira prática e efetiva. Conheça as formas de integração com Marketplaces.

Manual

Para realizar a integração manual, o primeiro passo é entrar em contato com cada Marketplace que você tem interesse em anunciar e preencher o cadastro de parceiro. Você precisará fornecer documentos e certidões obrigatórias, alguns Marketplaces solicitam até 20 desses documentos. Em seguida, você deverá aguardar a aprovação do cadastro, que pode levar alguns meses, para então iniciar o cadastramento manual dos produtos.

O cadastramento manual consiste em adicionar produtos um a um em cada Marketplace que se deseja estar. Cadastrar produtos manualmente em um Marketplace não consiste fundamentalmente em uma integração, uma vez que os sistemas do e-commerce e Marketplace não estarão integrados. Ou seja, se uma venda for realizada no Marketplace, o produto não será dado baixa no estoque do e-commerce diretamente, o Marketplace irá apenas notificar o lojista que uma venda foi efetuada. Por isso, o lojista terá que atualizar o estoque manualmente.

Hub

Outra forma de integração com Marketplaces é o Hub. O Hub é uma ferramenta que integra o seu sistema ERP com o de diversos Marketplaces ao mesmo tempo, centralizando a gestão das informações de todos eles em uma só ferramenta. Desta forma, o Hub trafega imagens, descrições, especificações e atributos de um sistema para o outro, minimizando os erros de registro de dados, diminuindo o trabalho operacional e gerando relatórios inteligentes.

Cada Hub possui suas particularidades. Por meio da integração entre produtos, estoque, vendas e envio com ERPs de mercado, você cadastra seu anúncio uma só vez e seu produto fica disponível em todos os Marketplaces integrados pelo Hub que você selecionar. Desta forma, seus dados de venda são atualizados automaticamente e seu estoque é sincronizado em todos os Marketplaces, gerenciando automaticamente a retirada de cada anúncio assim que o estoque chegar ao fim.

A gestão de seus anúncios e produtos é facilitada devido à possibilidade de acesso de todas as informações de venda em um só local de modo intuitivo, por meio de gráficos e relatórios. Além disso, você centraliza os dados de entrega de todos os produtos para que o acompanhamento dos pedidos seja facilitado e gere a satisfação que você deseja para o seu consumidor.

Sendo assim, as vantagens da integração com o Hub são:

  • Integração simples, com suporte da equipe de cada sistema.
  • Mudanças nos Marketplaces atualizadas automaticamente.
  • Criação de anúncios publicados automaticamente de uma só vez.
  • Possibilidade de anúncios personalizados com sua marca.
  • Controle de estoque centralizado.
  • Gestão das vendas em um único ambiente.
  • Alteração de preços automaticamente em vários Marketplaces.
  • Custos centralizados em uma só ferramenta por mensalidade ou comissão de venda.

O principal diferencial do Hub é a automação das operações, proporcionando novas possibilidades de negócios para os lojistas, aumentando a taxa de conversão e o ticket médio. Entretanto, é importante destacar que apesar deste tipo de integração facilitar a gestão de vendas, ela não dispensa a utilização de um sistema eficiente de BackOffice ou ERP para operações de médio e grande porte. Desta forma, é possível garantir que seu e-commerce comporte um grande volume de operações, permitindo a gestão de estoque, logística, entrega dos pedidos e demais análises com eficiência.

Após a integração (independente do tipo), o cadastro de produtos e a análise de documentação, todo lojista passa por um período de experiência em cada Marketplace que estabelece parceria. Normalmente, esse período dura no máximo três meses e serve para avaliar o trabalho, o potencial dos produtos e o desempenho do lojista. Em seguida, o lojista é atendido por um gerente de contas que realiza um planejamento para faturamento semestral, assim trabalhando mais próximo e afinado para alcançar as metas estabelecidas.

Seu e-commerce já está integrado e atuando em diversos Marketplaces? Conheça as melhores práticas para atuação nessas plataformas!

CTA-MELHORES-PRATICAS-PARA-ECOMMERCE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s